Vintage x Retrô: você sabe a diferença?

O termo “Vintage” vem do inglês e quer dizer “safra de vinho”. Dessa forma, quando pensamos em algo vintage, móveis por exemplo, a ideia é a de que quanto mais antiga a “safra”, ou seja, o móvel, melhor a sua qualidade.


“Este estilo resgata elementos das décadas de 20 a 60 e, muitas vezes, as peças possuem um valor elevado justamente porque são originais destas décadas”, comenta a Arquiteta Luana Alvarenga.
Assim, para decorar no estilo vintade, você deve utilizar peças originais, que podem ser encontradas em antiquários e lojas do gênero. “Ele é um estilo clássico, que utiliza de peças originais antigas, extraindo o melhor da época”, complementa a arquiteta.

Interior in Château de la Verrerie (France)

Para ela, esta decoração combina mais com aquelas pessoas românticas e delicadas, com estilo clássico.

Já na decoração “Retrô”, os objetos utilizados são, em sua maior parte, remetentes às décadas de 70 e 80, podendo ser peças originais desta época e que estejam em bom estado, ou peças inspiradas neste estilo, fabricadas na atualidade. “São releituras do passado, utilizando tecnologias de fabricação atuais”, diz Luana.


As peças retrô costumam ser mais caras do que as peças modernas e contemporâneas, encontradas em lojas de decoração de forma geral, porém são mais acessíveis do que as peças “vintages”, principalmente aquelas produzidas na indústria atual.
Para a arquiteta, este estilo poderia ser definido como nostálgico, com a ideia de volta ao passado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Posts Recentes